ATIVIDADES

Natação Infantil

Hoje, existem milhares de estudos no mundo inteiro atestando que o cérebro de uma criança recém-nascida tem uma grande capacidade de desenvolvimento. Porém esse potencial não é aflorado sozinho; para que isso aconteça, devemos oferecer às crianças ambientes ricos em desafios, descobertas, brincadeiras e fantasias, porque é através dessas experiências que elas têm a possibilidade de explorar o mundo e exercitar suas habilidades.

Veja, então, o que alguns pesquisadores descobriram sobre a natação para bebês:

  • Bebês nadadores reagem mais friamente a desapontamentos, são mais autoconfiantes, independentes, mais espontâneos, têm mais habilidades para enfrentar situações novas e estranhas, e apresentam uma maior atividade motora, além de ter uma melhor adaptação ao meio aquático.
  • As “brincadeiras” durante a aula são fatores muito importantes no desenvolvimento, por gerarem vivências frustrantes e exigentes, permitindo que os bebês explorem situações, como a capacidade de persistir na tarefa, e interações, como o meio ambiente para solução de problemas.
  • Pelo fato de a resistência da água ser até 700 vezes maior que a do ar, o bebê tem de aumentar em muitas vezes a sua força para poder simplesmente se deslocar, fortalecendo seus músculos e articulações.
  • Através de atividades musicais e sensoriais, realizadas com os colegas de aula, os bebês têm a possibilidade de observar, imitar e se comunicar com outros de mesma faixa etária.
  • Previne óbitos por afogamento. Hoje em dia, esse tipo de tragédia ocupa a segunda posição no ranking mundial de acidentes seguidos de morte com crianças abaixo de 15 anos, e a primeira em crianças com menos de 5 anos.